Skip navigation

23 Comments

  1. -Olha lá, que é que estás a fazer?
    -Vim buscar comida.
    -Mas cuidado, vais cair!
    -Não vou nada, estou habituadissimo a isto.
    -Olha que vais!
    -ja disse que estou habituaaaaaaaaaaaado.Ups, caí!
    -Eu bem te avisei!
    -Achas mesmo que vais pescar alguma coisa? Tá surdo o homem…
    -Calas-te ou não? Eu vou pescar alguma coisa, nem que seja um sapato!
    -Não queres antes pescar isto?!
    -Cala essa boca.
    -ja me calei.

  2. Diálogo:
    Robinson:Finalmente!!!!Finalmente!!!
    Sexta.feira:Calate, estas-me a desconcentrar, estou a tentar apanhar estes cocos.Há e já agora porque estas a gritar…”Finalmente”…
    Robinson:Porque finalmente encontro uma pessoa nesta ilha deserta ao qual chamei Speranza.
    Sexta.feira:eu só cheguei ontem, cheguei como quem diz, naufraguei mas é bom ver que tenho companhia.
    Robinson:Que bom. olha hoje á noite jantas em minha casa.
    Sexta.feira: pois tambem na minha casa nao podia ser. Nao tenho.
    Robinson: Hahahahaha Só tu para me fazeres rir……Olha vou pescar para o nosso jantar.
    Sexta.Feira:eu vou lavar os meus trapos…

    Este foi o meu dialogo, espero que alguem faça melhor xD

  3. Sexta – feira está em cima de um coqueiro e Robinson aparece para falar com ele :
    -O que é que estás a fazer ai em cima? – Perguntou Robinson.
    -Estou a apanhar cocos para o jantar, vou fazer leite de coco. Adoro leite de coco – enquanto diz isso acaba por cair da árvore.
    – És mesmo trapalhão.

    Mais tarde acabam por não fazer leite de coco pois Sexta-feira tinha-se magoado no pé Robinson era demasiado preguiçoso para subir ao cimo do coqueiro. Robinson está a pescar enquanto Sexta- feira está a limpar a louça:
    -Se tu não fosses um desastrado a esta hora estávamos a beber leite de coco!
    – Se tu não fosses tão preguiçoso também podias estar!😛

  4. Robinson: O que é que estás ai a fazer, Sexta-feira?
    Sexta-feira: Estou a tentar apanhar o jantar.
    Robinson: O jantar? Mas…nós combinámos que hoje ia ser peixe!
    Sexta-feira: Isso era se tu fosses capaz de pescar alguma coisa! Eh eh eh eh!
    Robinson: Não sejas mau, sabes que sou um principiante nestas coisas… Vê lá mas é se não cais dai de cima!
    Sexta-feira: Por favor, eu faço isto desde pequeno! Queres ver?… Só com uma mão. Wohhahhaah! Bolas, que grande queda!
    Robinson: Pois, é pena e teres caído em cima de mim! E agora, sempre mantemos o peixe para o jantar óh grande subidor de árvores?
    (mais tarde)
    Sexta-feira: Porque é que tenho de ser sempre eu a lavar as tangas sujas?
    Robinson : Porque não consegues tratar do jantar! Eh eh eh eh!
    Sexta-feira: Muito engraçadinho…

  5. Boas~ 0=}

    {Tempo: A manhã ceda, o sol está a nascer, era com ar quente que já não moveu desde horas, e agora o ar está dançar com vento lentamente delicado e suave, os dois foram já acordados por causa dos bichos que foram chatear-os, e porque …só não podíam adormecer por várias ‘chatear’ causas. }

    ~*o Robinson está a pescar , também desde que pescar percisa paciência …ele mesmo era pensar distraídamente. *

    SEXTA.FEIRA: ahem… bom dia, sei que eu e tu somos Muito diferentes mas… eu gostaria de saber mais sobre ti.
    ROBINSON: Ahh, …já passou bué tempo desde a última vez que conversei com alguém…
    Na minha terra de nascer , estive uma pessoa normal, tive amigos e conhecidos , não fui o tipo que é ‘extraordinário’ ou esquisito , gostaria de ter uma família , os pais , uma esposa e um cão.
    SEXTA.FEIRA: eu nunca fui satisfeito com minha vida , agora só desejo de retornar à casa ,só uma hora pudesse me curar.
    *há um silêncio esquisito ..os dois ficarem calados*
    ROBINSON: Olha, tenho uma idea, vamos achar um lugar para construír outra cabana (hut) , Óh homem! os bichos nunca pararem me chatear! penso que temos de achar um lugar mais estratégico e com água doce.
    SEXTA.FEIRA: Estás a ler minha mente.
    vamos fazer-lo. fica bem.

    ~dEpOis~

    ROBINSON: o que estás a fazer?
    SEXTA.FEIRA: Shhh! a alma da sereia da terra podía te ouvir! estou a tentar contactar e aperguntar a sereia para achar uma roda de saída daqui.

    ~*Robinson suspirou …retornou a pensar em que perdiu , era a imaginar se as pessoas que ele admirava foram com ele: o que recomendação vão dar para ele para saír da ílha?.. ficou nadar no seu mundo de pensar.*

    p.s: sei que está com MUiTOS erros gramáticais e tudo…. mas eu estou a tentar, não é? lol.
    até logo! =)

  6. Sexta – feira está em cima de um coqueiro e Robinson pergunta:
    -O que estás ai a fazer?
    -Não se vê… estou a apanhar cocos! – diz Sexta-feira.
    -Para quê? – perguntou Robinson.
    -Para o almoço. – responde Sexta-feira.
    -Mas nos combinámos ser peixe!? – diz Robinson.
    -Sim, mas eu prefiro cocos! – diz Sexta-feira deliciado.
    -Vê lá se cais! – avisa Robinson.
    -Achas? Olha, vê, só com um pé, só com uma mão… – exibe-se Sexta-feira.
    -Ai! Bolas, eu vem te avisei! – chama a atenção, Robinson.
    -Desculpa, lá foi sem querer, escorreguei! – desculpa-se Sexta-feira.
    (mais tarde)
    -Porque é que eu tenho que estar a lavar as tuas cuecas sujas? – pergunta Sexta-feira indignado.
    -Porque tu estragaste o nosso jantar! E não vou arriscar deixar-te a estragar a nossa outra alternativa de nós jantarmos! – responde Robinson.
    -Porquê? – pergunta Sexta-feira.
    -Porque és trapalhão! – diz Robinson.
    -Que engraçadinho…

  7. PARABÉNS aos autores dos primeiros diálogos.🙂

    Deixo contudo algumas observações e faço algumas perguntas. Uma vez que o objectivo é que façam uma revisão colectiva e um aperfeiçoamento individual dos textos, podem e devem ir respondendo às questões, justificando se for o caso.

    – Como é que sabemos quem diz o quê, Faustino? Não faltarão os verbos que indicam quem fala, quem diz o quê, como o diz,…? Assim como uma breve introdução onde nos descrevesses o local onde se passa este diálogo?

    – Quem seguiu as regras do discurso directo? O Nuno, a Meena e a Carlota? Ou o Faustino, a Laura e a Cristiana?

    – Meena, o teu texto tem algumas incorrecções, sim, mas está muito bom e percebe-se perfeitamente. A progressão é notória. Vamos esperar que os teus colegas também detectem alguns desses erros e façam os respectivos comentários.

    – Que erros de ortografia e de acentuação encontras no teu texto, Nuno? (Os colegas podem ajudar a descobri-los)

    – Qual a diferença entre “ai” e aí”? Em quais destes 6 textos se verifica falha na sua utilização?

    – Num dos textos aparece a palavra “vem”. Estará bem utilizada ou não será antes a palavra “bem” a que estaria correcta?

    – Conseguem encontrar alguma falha de pontuação nestes 6 textos?

    – Que outras incorrecções, erros ortográficos, de acentuação… podem ser encontrados?

    Para já é só, fico à espera das vossas revisões e respectivas respostas. Ficamos à espera de mais textos.🙂

  8. – Mmmm, estes ovinhos e estas rodelas de ananás estão mesmo boas…Então este coelho recheado de ameixas…Parabéns Sexta-Feira! – agradece Robinson.
    – Oh, obrigada!- responde Sexta-Feira.
    – Que pena, já acabou!
    Dito isto Robinson levanta-se e olha o mar.
    – Bem o melhor é trabalhar…Vou pescar! Aliás de que serve ceder à preguiça? Com ela lembro-me dos perigos da loucura e arrisco-me a cair nela…- Robinson entra na sua cabana e regressa com uma cana e um cesto com frescas cenouras.
    – Vá lá peixinhos! E que tal uma pequena ajudinha?! HRRRRRRRR… Isso! Anda, anda, anda…Consegui! Consegui! Olha Sexta-Feira como é perfeito para o teu cozinhado de peixe com marisco e carne! Olha, olha! – Entretanto Robinson faz uma pausa e pergunta:
    – Então como estão os cocos?
    Sexta-Feira ri e responde: – Estão bem! São óptimos para um batido…
    – Tem cuidado, concentra-te se não cais!
    – Não se preocupe, meu amo, apenas faço a minha obrigação!
    Robinson avisa-lhe de novo: – Estás muito alto Sexta-Feira…talvez seja melhor desceres!
    – Não mestre… Como vê até tenho muita agilidade para a coisa, consigo tirar as mãos, os pés,…OHHHHHHH! Desculpe, desculpe! – Desculpa-se Sexta-Feira.
    – Grande agilidade…Agora, de castigo, vais limpar todos os farrapos que temos!
    – Não percebo…Porquê tanto trabalho e esforço se nos encontramos sozinhos? – pergunta ele.
    – Trabalha Sexta-Feira, talvez um dia mais tarde o nosso trabalho seja útil para alguém!
    – Mas porquê eu? – lamenta-se Sexta-Feira.
    Robinson solta uma gargalhada, já não se lembrava da última que dera, o que foi um alívio para ele…
    (Desculpe o atraso mas eu fiz o trabalho no caderno porque não sabia que era para fazer aqui!)

  9. Ainda está dentro do prazo, Marta.🙂

    Em relação ao teu texto, deves rever o vocativo. Como sabes, o vocativo ocorre muito frequentemente em frases imperativas, interrogativas e exclamativas, e tem como característica vir isolado por vírgulas. Relê o teu texto e assinala onde não colocaste as vírgulas.

    Relembro a todos que este exercício escrito será para ser publicado aqui, ir sendo objecto de correcção, observações, comentários… (no sentido construtivo) por parte do professor e colegas da turma, tendo em vista a revisão e aperfeiçoamento dos textos, e na próxima sexta-feira (dia 12) serem entregues por escrito na aula.

  10. -Então como vai isso aí em cima – disse Robison.
    -Não consigo chegar aos cocos – disse Sexta -feira – mas se me ajudares era melhor.
    -Vá lá, eu estou aqui em baixo para apanhar os cocos e para te apoiar
    -Está bem mas sou eu que vou comer os cocos e tu não lhes pões as mãos
    -Isso é o que vamos ver disse – Robison em voz baixa – ok está bem agora despacha-te
    – Mas prometes não promééééé
    POOM
    -Vês como deus castiga – disse sexta-feira
    -Está bem, está bem – disse Robison
    * passado algum tempo *
    -UIIIIUIIII (assobio)-Robison
    -Sabes podias-me dar uma mãozinha – disse Sexta-feira
    -UIIIIUUIII (assobio) -Robison
    -Tu não tens emenda. Podias-me ajudar a secar estas folhas para o teu diário mas estou a ver que tu estás muito ocupado a pescar
    -OH
    -Oh o quê tu nunca me ajudas-te
    -Mas tu és meu empregado logo tu tens de trabalhar por mim e ainda por cima pago-te -disse Robison
    -Mas eu posso demitir-me e posso ir para o outro canto da ilha sem fazer estes trabalhos – disse Sexta-feira zangado
    -Está bem eu a partir de hoje pago-te mais
    -Como tu quiseres “patrão”

  11. Em relação á segunda pergunta os textos em que se utilizam os elementos do discurso directo é no da Cristiana no do Faustino e no meu. No texto do Nuno falta muitos acentos e a palavra cala-te e separado além disso em algumas frases não começou com letra maiúscula. No meu texto escrevi ai em vez de aí, a diferença entre ai é uma interjeição e aí utiliza-se para lugares. Em relação á palavra “bem” em vez de “vem” nao consegui encontrar.

    Bom fim-de-semana😀

  12. Robinson estava perto da sua cabana relaxado a comer o seu almoço , aquilo estava mesmo delicioso e pensou:
    – “Aquele Sexta-feira cozinha mesmo bem esta combinação de algas do mar, erva seca fígado de bode melancia e ananás é mesmo boa! Aonde é que ele terá aprendido aquilo?! Humm ! Tão gostosa , oh …acabou! Aonde é que ele estará? Ao jantar vai ser salmão se o conseguir pescar, é melhor começar já !”
    – Lalalalalalalala. -cantarolou – Ai! Ai! NÃO!
    Mais tarde:
    Robinson exaltado ainda com o susto que apanhara disse:
    -O Peixe era mesmo grande, Sexta-feira nem te passa pela cabeça do mergulho que eu dei, ainda para mais o susto que tive, pelo menos só me magoei no ombro!
    Por momentos observou o Sexta-feira em cima de uma grande árvore e interrogou-o:
    – Ó Sexta-feira o que é que estás a fazer aí no alto dessa árvore?
    Este esclareceu-lhe:
    – Estou a apanhar cocos para a sobremesa especial:”Cocos à Sexta-feira”!
    -Ai que bom temos sobremesa hoje !!Mas estás aí muito em cima , não me parece muito boa ideia é melhor desceres! Olha que ainda cais!
    -Não caio nada, tenho anos de experiencia! E ainda por …AHAHAH CUIDADO AÍ EM BAIXO!
    -AI O MEU OMBRO! -Gritou-lhe Robinson – Agora não temos sobremesa, trapalhão do macaco! !
    -Desculpe meu amo. -suplicou-lhe Sexta-feira.
    -De castigo lavas os pratos bem lavados e há noite fazes-me massagens, que eu trato do jantar!

  13. -Eu não gosto de fazer massagens!
    Momentos depois:
    -Tenho mesmo que fazer massagens entristeceu Sexta-feira.
    -Tens – Disse Robinson sem piedade.
    -Mas qual é a piada disso?!
    -Não tem piada é um castigo !

  14. – Mas o que é que estás a fazer aí em cima Sexta-feira? – pergunta Robinson.
    – Estou só a tentar apanhar alguns cocos para comermos! – responde-lhe o índio.
    – Logo hoje que fui pescar é que decides apanhar cocos?! Vai mas é trabalhar em condições rapaz! – ordena-lhe Robinson. – Ainda vais cair daí.
    – Mas meu amo, agora que estava mesmo a conseguir apanhar daqueles mesmo… ahhhhhh. – Grita Sexta-feira, caindo da árvore. – Minha nossa, desculpe! – Lamenta-se o índio.
    – Vês, eu bem te dizia. Agora sai já de cima de mim desgraçado, vai trabalhar! – Ordena de novo Robinson aborrecido.
    Passado algum tempo, Sexta-feira já estava cansado de trabalhar, e observava o seu amo assobiando, até que disse:
    – Já me doem as mãos, vou descansar um pouco.
    Robinson ignorou-o, continuando a assobiar, o que deixou Sexta-feira chateado, mas percebendo o que aquilo significava.
    – Tudo bem, já sei, não precisa de dizer nada, já continuo com o trabalho, é sempre a mesma coisa, nunca posso ter folgas quando quero, nem mesmo quando já trabalhei tanto, mas já estou habituado. – resmungou o índio.
    – De que tanto resmungas rapaz? – Perguntou Robinson.
    – Não se vê logo? – Pergunta Sexta-feira irritado.
    – Devias estar muito satisfeito com aquilo que te dei, eu que até te tenho protegido… – Comenta Robinson.
    – Não tem nada haver com isso amo, é só que estou farto, não se vê logo? Veja o trabalho que já tive, já trabalhei demasiado, mas nunca importa, tenho de fazer sempre mais! – Lamenta-se Sexta-feira ainda um pouco irritado.
    – Sempre te podes ir embora se quiseres, acredita que podes, não é que eu queira mas se estás assim tão mal… – Diz Robinson com um pouco de pena do índio.
    – Não meu amo, de todo. Apesar de todo este sofrimento fazemos companhia um ao outro, o que ajuda. – Acaba por dizer Sexta-feira um tanto comovido, continuando o seu trabalho sem reclamar mais.

    PS: Desculpe o atraso do trabalho professor, não o pude fazer mais cedo.

  15. Relativamente ao texto do Nuno podemos detectar alguns erros de pontuação, ortografia, … Por exemplo, na fala de Sexta-Feira, falta um ponto de interrogação e penso que as reticencias não são ali necessárias: “… porque estás a gritar ‘Finalmente’? ” ; Como a Laura disse e bem😀 “cala-te” é separado e em algumas frases não utilizou letras maiúsculas nos devidos locais: “ Eu só cheguei ontem…” ; Para além disso não é “á” mas sim “à” ; Em algumas palavras não utilizou acentuação como, por exemplo: não e também!😀
    Agora acerca do texto da Meena… Para mim a evolução da Meena tem sido bastante notória, ou seja, ela esforça-se para compreender, para perceber, … Como estou ao lado dela noto mais isso, mas mesmo na sua leitura/escrita tem registado valores muitos positivos para aquilo que sabe, nestas situações verifica-se o seu esforço e empenho.:P Neste diálogo, consegui perceber as ideias principais da Meena: cria um ambiente de sossegado e curioso para introduzir o seu diálogo; Neste, próprio dito, cria uma conversa em que as duas personagens se tentam conhecer … Tem alguns erros como é normal, tenta utilizar verbos do conjuntivo, do condicional,… quando pode usar deles mais adequados ao seu nível (Indicativo)! Meena, atenta a seguinte frase da tua autoria😀 :
    “… ficou nadar no seu mundo de pensar.” Como esta frase não quererias dizer : Ficou a ‘nadar’ no seu pensamento… É uma sugestão que penso que poderias corrigir no teu texto.
    Em geral, apontei alguns erros:
    “…habituadissimo…” – habituadíssimo
    “…Tá…”- está
    “…ai…”- aí
    “…E não vou arriscar deixar-te a estragar a nossa outra alternativa de nós jantarmos!”- Esta frase está com uma construção muito estranha… Não sei o que quererá a Cristiana dizer com isto!
    Pronto! Depois eu faço uma revisão aos outros textos… Por enquanto fico por aqui!😀 *

  16. Robinson, parecia uma ´barata-tonta`.
    – Mas onde é que se meteu o Sexta-Feira? – Perguntava ele a si próprio.
    – Estou aqui!! – Respondeu Sexta-Feira.
    – Aqui onde? – Perguntou Robinson, meio confuso.
    – Aqui em cima!!! Oláá! – Respondeu Sexta-Feira.
    Robinson olhou para cima do coqueiro que estava do seu lado direito e viu Sexta-Feira empoleirado.
    – O..O..O.. que é que estás aí a fazer? – Perguntou Robinson ao seu amigo.
    – Não se nota?! A apanhar cocos para o jantar. Ou pensas que com a tua «pesca», temos jantar hoje? – Brincou Sexta-Feira.
    – Até podia demorar dias a pescar algum peixe, mas não era por isso que irias aí para cima arriscar a tua vida só por causa de um jantar… – Lembrou-lhe Robinson.
    – Oh, não te preocupes…Está tudo sob controlo. Estou habituado a isto. – Acalmou-o Sexta-Feira.
    – Não quero saber. Sai já daí Sexta-Feira! – Ordenou Robinson, já chateado – vais cair e depois quero ver.
    – Não vou nada…
    Puummm!!!!
    – Ai, o meu pescoço! – Queixou-se Robinson.
    – Ai, as minhas costas… – Queixou-se Sexta-Feira.
    – A ti é bem-feita. Eu avisei-te! – Ralhou Robinson ao amigo.
    – Está bem, está bem. Mas deixa-me que te diga que as tuas costas também não são nada fofinhas… – disse Sexta-Feira, em tom de brincadeira.
    – Hummm… – murmurou Robinson.
    – Bem, agora o que comemos? Ó não… – disse Sexta-Feira, já a pensar que tinha de ir lavar as roupas sujas enquanto Robinson tentava pescar.
    – Agora já sabes o que tens de fazer… – disse Robinson a Sexta-Feira.
    Dirigiram-se então para o sítio onde ele costumava pescar e sentaram-se.
    – Por este andar, nem daqui a mil anos, temos a jantar! – Afirmou Sexta-Feira.
    – Cala-te e lava isso. – Ordenou Robinson.
    Continuaram ali os dois, sempre a resmungar um com o outro, até Robinson pescar alguma coisa… 😉

  17. Nuno

    *2ªfrase: Não é «calate» mas sim «cala-te»; não é estas-me mas sim estás-me. Aquele «há» que tens na 3ªlinha é de exclamação e não de existir, logo é «Ah».
    Quando começas as frases é com letra grande!!!
    Fogo. Parece que estou a fazer correcções de uma composição de um rapaz do 5ºano!!!
    Vá lá. Esforça-te! Tu consegues!
    Abraço🙂

  18. Concordo com o professor. O texto da Meena está um pouco confuso mas percebe-se muito bem. Parabéns Meena. Beijinho!!;)

  19. -Robinson!Já acabaste?-disse sexta-feira
    -Já,-respondeu robinson.
    -Então trás cá o teu prato-afirmou sexta-feira.
    -Não se faz nada.Ah já sei vou ver se ainda me lembro de pescar aqui é que deve de haver muito peixe.
    -Que fazes aí em cima? Tu não es nenhum macaco,acho eu?-concluio robinson.
    -Teno sede quero ver se arranjo algum côco.
    -Trás dois, mas tem cuidado ainda te magoas.
    -Eu?Magoar?Mas quantas arvores é que eu ja não sobi.Eu faço isto como uma perna ás costas.
    -Áaaauuuh-gritou sexta-feira.
    -Bem te Avisei mas tu não ouves- incistio Robinson.
    -Dobrar panos até é engraçado! Não falas?-afirmou sexta-feira.
    -uuuuuuiuuuuiuu!-assuibiava Robinson.
    -Vê só isto!
    Quem me dera passar este domingo com a minha familia,hoje faz anos a minha filha.-afimou Robinson.

    (elimine o outro porfavor)

  20. Numa calorosa tarde na ilha Speranza, Robinson farto de pescar, encosta-se a um coqueiro onde Sexta-Feira se encontra pendurado a tentar apanhar cocos.
    – Se realmente Speranza fosse conhecida, eu acho que enriquecia. – disse Robinson a Sexta-Feira – A produção de cocos é imensa… Dou por mim às vezes a pensar onde hei-de pôr tanto coco!
    – Pois é, pois é… – respondeu Sexta-Feira.
    – É não é? Pena é tu não me estares a ouvir. Nem com a tua própria riqueza tu te preocupas, rapaz! Pois tu tambem enriquecias! – informou-lhe – Embora não tanto quanto eu. Mas também o meu trabalho é muito mais notável!
    – Pois é, pois é…
    – Irra! Andas com o vocabulário muito reduzido! Agora desce daí que ainda corres o risco de cair.
    – Não se preocupe, eu sou…
    Nesse momento Sexta-feira cai sobre Robinson.
    – Desculpa-me, não foi minha intenção… – lamentou-se Sexta-Feira.
    – Levanta-te e vai mas é cumprir as tuas tarefas!
    Levantando-se, Sexta-Feira vai buscar as suas roupas e senta-se junto do mar a lavá-las. Enquanto isso, Robinson pega novamente na sua cana de pesca e começa a pescar e a cantarolar:
    – ‘Segunda, Terça, Quarta, Quinta Sexta, Sábado… Domingo, vai a malta passear; 7 dias da semana, e um só para descansar!’
    – Robinson, posso-lhe fazer uma pergunta! – interrompera Sexta-Feira.
    – Diz, rapaz!
    – Porque é que me salvou?
    – Sei lá porque te salvei… Que pergunta!
    Sexta-Feira continuou:
    – Podia-me ter deixado morrer, mas não. Em vez de me disparar para mim, disparou para os outros!
    – É assim, vi-me com essa obrigação! – explicou-lhe Robinson – Era injusto morreres sem teres culpa para tal…
    – Pois, e por isso tenho que mais uma vez lhe agradecer. Obrigado!
    – De nada, meu rapaz!
    E nunca mais falaram até o final no dia.
    FIM

    Aqui está!🙂

  21. Aqui fica o meu diálogo:

    – Hoje não está lá muito bom para pescar. O que é que irei fazer em vez de pescar? – Pensava Robinson enquanto tentava pescar numa bela tarde na ilha Speranza.
    – Oh Sexta-feira… Hoje vou dar-te oportunidade para escolheres qualquer coisa para fazer-mos. Então, tens alguma ideia? – Pergunta Robinson a Sexta-feira.
    – Sim… E se fossemos apanhar aquelas bolas castanhas que estão ali naquela árvore? – Sugere Sexta-Feira a Robinson.
    – São cocos, Sexta-Feira! Mas por acaso até é uma boa ideia. Nunca bebeste água de coco pois não?
    – Não Sr. Robinson, nunca.
    – Hum… Vamos lá apanhar aqueles cocos!

    – Então Sexta-feira? Dá um jeitinho para a direita e puxa para baixo. – Indicava Robinson para que Sexta-Feira conseguisse tirar os cocos da árvore.
    De repente Sexta-Feira desequilibra-se e cai em cima de Robinson.
    – Sinceramente, Sexta-Feira! És um desastrado! Sai mas é de cima de mim e vai lavar a roupa que amanhã é Domingo! – Ordenou Robinson a Sexta-Feira.
    – Desculpe, desculpe, vou já lavar a roupa!
    – E eu vou mas é voltar a pescar e pode ser que corra melhor. – Conclui Robinson.
    🙂

  22. Há uma actividade que penso que poderemos fazer a partir das expressões escritas que vão sendo aqui publicadas.

    Vamos chamá-la de “Caça ao erro”.🙂 Consiste em descobrirem um erro (ortografia e acentuação) nos Diálogos produzidos e publicados pelos colegas.

    O que terão de fazer? Simples, em comentário, escrevem o erro entre aspas e à frente a forma correcta. Como no exemplo:

    “concluio” – concluiu

    Claro que não necessitam de dizer em que texto está o erro e quem o deu.🙂 Se encontrarem algum que vocês próprios tenham dado nos vossos textos e agora o tenham descoberto, também o podem/ devem registar e corrigir.

    Já agora, qual será o objectivo deste jogo?

    Percebido? Quem começa?🙂

    (Talvez haja prémio para quem descobrir e corrigir mais erros.🙂 )

  23. João Paulo, registei aqui alguns erros que vi no teu texto, poses-te:
    – “concluio” em vez de concluiu ;
    -“Teno” em vez de Tenho;
    -“ incistio” em vez de insistiu ;
    -“ assuibiava” em vez de assobiava ;
    – “familia” em vez de família ;
    -“ afimou” em vez da afirmou;
    -“ porfavor” em vez de por favor;
    -“ es” em vez de és;
    -“ côco” em vez de coco;
    -“ arvores”em vez de árvores;
    -“ sobi” em vez de subi;
    -“ ja” em vez de já
    -“ ás” em vez de às (o acento está ao contrário);
    -“ Avisei” em vez de avisei (o “á” de avisei não pode estar no meio de uma frase maiúsculo).
    Mas de resto o diálogo está muito criativo ;D.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: